PS Vita chega a 1 ano de existência, mais ainda tem muito o que melhorar

Lançado em fevereiro de 2012, o PS Vita é o atual portátil da Sony. Ele surgiu com a dura missão de substituir o  PSP, que em sua época bateu recordes, e é considerados por muitos fãs o melhor de todos os tempos em sua categoria. Apesar de estar muito bem colocado no mercado, o aparelho deixa a desejar em muitos pontos, desde o preço até a sua configuração básica, acredita-se, que esses talvez sejam os fatores  responsáveis para que a Sony esteja perdendo território para o Nintendo 3DS, no Japão. A empresa já anunciou cortes no videogame, e espera que isso resolva a situação, e a coloque na liderança outra vez.
Memory Card Exclusivo ( Proprietário)
Com várias marcas de cartões de memórias baratisímos no mercado, a Sony, teve a “brilhante” ideia de criar um Memory card exclusivo, produzido e dedicado somente ao PS Vita. Até então nada de mais ou de errado, é ai que você se engana, a peça que é sem duvida fundamental a qualquer console, ou portátil, custa em média R$ 200, mais não acaba por ai, com 200 reais você provavelmente vai conseguir um cartão de 16 GB, o que é realmente é muito pouco, pois alguns games ocupam grande espaço na memoria como é o caso de :  Persona Gold, e Assasins’s Creed 3- que separadamente usam em média 4 Gigabytes.
Nessa a Sony errou feio !
Suporte para contas
Uma das grandes vantagens em se ter PS3 ao invés de um PS Vita, são as contas suportadas. O Playstation 3 dá ao gamer a possibilidade de ter em um mesmo aparelho várias contas diferentes, cada uma com seus saves, compras e downloads unicos, o que facilita e muito por exemplo quando se divide o videogame com a família  ou com os irmãos.
Já o PS Vita limita o numero de contas do gadget a um único usuário. Para quem usa o portátil sozinho, não existe problema algum, mais pra quem divide o aparelho, e nós sabemos que isso é bem comum aqui no Brasil devido aos altos preços, sem duvida essa configuração incomoda. Para inserir uma nova conta é necessário resetar o Vita nas configurações de fábrica, isso vai ocasionar a perda de todos os saves e produtos adquiridos, e então inserir então a nova conta.
 
Falta de títulos de peso
 
O PS Vita sofre do mesmo mal do Wii U, a carência por bons títulos. Isso tudo se deve a dificuldade em adaptar os games com a tecnologia, e com jeito de jogar do PS. Sem duvida o portátil já conta com grandes games como Assasin’s Creed, e Persona 4, mas é só.
 O que parece é que a Sony não faz grandes esforços para aumentar a oferta de games, e os que conseguem geram sempre muita polemica, como é o caso de Call Of  Duty, que na maioria das vezes é sinônimo de boas jogatinas, mas que no PS Vita decepcionou ao tentar adaptar, e liderou em criticas.
 
Preço pouco acessivo
Por mais que ele seja um portátil muito poderoso, o preço dele á abusivo não só no Brasil, mas também no exterior. Lá fora o videogame é vendido por aproximadamente 600 dólares, com esse preço muitas pessoas optam por comprar um console, o que realmente é melhor, devido a infinidade jogos e benefícios oferecidos.
Por mais que a Sony tenha cortado seu preço no Japão, isso parece não bastar, pois aqui no ocidente as vendas ainda caem de maneira bem lenta. Talvez a melhor opção fosse realmente o corte dos preços também do lado de cá do globo, o que facilitaria também para nós Brasileiros, pois nas revendedoras oficiais da Sony o Vita custa cerca 1 mil.
Realmente abusivo o preço …..
Guilherme Souza
Preguiça me define! Não tenho preferência por plataforma. Jogar é meu sobrenome. Quando se trata de gênero, MMO é o que mais me atrai, seja RPG, seja Shooter, o que tiver bacana to dentro. Fã de títulos como Final Fantasy e Metal Gear Solid. - Link do Alvanista: http://alvanista.com/guimsouza
Guilherme Souza on sabtumblrGuilherme Souza on sabpinterestGuilherme Souza on sablinkedinGuilherme Souza on sabinstagramGuilherme Souza on sabfacebookGuilherme Souza on sabemail

Assinar Blog por Email

Digite seu e-mail e pronto :)

Assinar o podcast